Translate

26 fevereiro, 2016

Por entre as matas

Respiração leve
outro momento
pés descalços
terra
pensamentos.

Gotas de sol
som da tribo
roda serena
dança da vida.

Caboclo que canta
envolta do fogo
índia que risca
o chão da fogueira
a tarde adormece
e a noite entra em cena
menina lua que aparece
e recebe as flores de alfazema.

Soltam-se flechas
Batem tambores
a festa está pronta
as frutas na roda
pintam-se os rostos
vibram-se os corpos
cachimbo, fumaça
limpam as dores
pajé se levanta
e chama cabocla
dos cabelos compridos
e de um espírito
completamente evoluído.

Nenhum comentário:

Postar um comentário