Translate

19 fevereiro, 2016

Joana

Moça do campo
da roça
da rosa
que colhe e canta
a história de um povo
que antes do sol se levanta
e com mãos e pés rachados
mais uma vez pegam na enxada
para arar a terra de sinhozinho
um cafeicultor que se enriquece
as custas do suor de tantos.

Moça do campo
este teu canto em prantos
tem coração
e braços cansados
de tamanha exploração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário