Translate

19 novembro, 2015

Usuária de pó esia

Não sou chocólatra
embora eu goste
e nem alcoólatra
embora eu beba.

Maconha eu não uso
nem tenho seda
cigarro eu não fumo
mas acompanho. 

Tarja preta eu não engulo 
nem açúcar demais consumo
mas se tem uma coisa
que me vícia 
é a tal da poesia 
que para o meu gozo 
e bel-prazer 
ela me deixa sã
e também alucina. 

Poesia para escapar 
da tensão, da tristeza.
Poesia para fugir 
de uma dureza.

Poesia para rir
chorar e lamentar.
Poesia para frustrar
ou não frustrar.

Poesia para festejar 
fazer amor
criar amigos.

Poesia,
meu vício 
e minha alegria. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário