Translate

17 agosto, 2015

Muito além

Quando não estou em mim
sou o som da chuva
a grama molhada
o pássaro que canta
a flor que se abre.

Quando não estou em mim
sou totalmente natureza
sou totalmente outra beleza
que o pobre homem
pouco sabe sentir.

Eu vivo no mar
eu voo ao sol
estou nas montanhas
e em qualquer lugar
nos bichos
nas plantas
no olhar da criança
na semente que brota
na terra que sangra.


Nenhum comentário:

Postar um comentário