Translate

03 abril, 2015

"Castelo"

Que o tempo traga o novo
E este plante no jardim
Da minha casa
Versos que o velho não quis plantar
Estes que ele dizia serem bonitos sem contemplar.

Que o tempo traga o novo
Porque quero enterrar suas sementes
Em cada vaso que eu puder
Em cada verso que eu fizer
Eu vou cantar um outro amor.

Que o tempo traga o novo
Para essa vida que se esvai
Que ele percorra as minhas veias
Que ele me leia todas as manhãs
E perceba que tudo isso não é de areia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário