Translate

21 abril, 2015

Incorporar o que é bom e expelir o que é mau. O problema da inveja é que até o que é bom é destruído.
Pulsão de vida e pulsão de morte.

17 abril, 2015

Conclusão

Não nasci para dizer amém
e nem para me submeter.
Sim, incomodo e muito!

E quem não quiser ser incomodado
que fique em sono profundo.

E quem quiser ditar regras
que dite em outro mundo.

15 abril, 2015

"Sobre crianças"

Estava tão quente na cama
que levou um choque ao colocar
o pé no chão.

Mas nem mesmo o choque
o acordou da situação.

Olhando o tempo no relógio
aguardava ansiosamente pela mãe
que o tiraria do confronto
para colocá-lo no berço do conforto.

"O CORPO E OS LIMITES"

Um dia, no Teatro, me disseram que o corpo estava aprisionado (não o meu, especificamente, mas tooodos os corpos), daí era pra "atingir, romper os limites".
E isso me fez pensar:

- O conhecimento é só corpóreo? Só físico? E o físico, só pode ser dermo-ósteo-muscular? Concedo que não seja exclusivamente intelectual (e, em nenhum momento, o descarto!). Mas, onde ficam: o imagético, o visual, o auditivo, o tátil, o gustativo, a memória, a intuição, o equilíbrio, o..., a... ?
- Romper, é? Atingir limites, é? Então, que tal alguém localizar, mostrar e romper os limites: da tragédia, da tristeza, do riso, do patético, da moral, da religião, do fanatismo, da coragem, do medo, do ridículo, da covardia, da paixão, do desejo etc., em lugar dos limites do corpo?


E me mandei continuar pensando a respeito. Percebi que tocar o corpo do outro e permitir que toquem o seu, como exemplo de liberdade total... sei lá, tava meio pequeno. Daí, descobri o seguinte:
Você só atinge os limites...
... da água, quando se molha.
... da gravidade, quando flutua.
... do fogo, quando se queima.
... da sanidade, quando enlouquece.
... da resistência, quando quebra.
... da força, quando sucumbe.
... da criatura, quando cria.
... da dor, quando sofre.
... da vontade, quando desiste.
... da vida, quando morre.

Mas... isso tudo é atingir ou ultrapassar?
Aí é que está: só sabemos que o limite foi atingido quando ele já está atrás de nós.
Se ainda está à nossa frente, não foi atingido.






(Prof.Me. Warde Marx)

14 abril, 2015

Transtorno

Cada vez mais doente
essa ansiedade que te faz
totalmente ausente
escravo de um pensamento
intransigente
lhe tomando a mente
o teu medo é constante.
Pensou ter o controle
mas isso é não pensar
na escolha.

Você corre
com o monstro nas costas
com os olhos tampados
você fica exposto
com os ouvidos tapados
você não ouve os seus lados.

- Socorro!!

Não abafe o teu grito
não estampe um sorriso
no lugar do conflito.

Não acelere os passos
se você está perdido
numa cena da infância
procurando esconderijo.


Asco

Difícil é falar de sentimento coletivo
se ele vive no profundo egoísmo.

É muito materialismo
para pouca solidariedade,
muita teoria sem nada de prática.

Discursos rebuscados
Oratória perfeita
A escrita nem sem fala.

Mas a sua mão
para variar
está sempre fechada.

Mas o seu tempo
para ajudar
está sempre escasso.

Quanto exagero em pretensões.
Quanta falta de iniciativa em ações.

10 abril, 2015

Luz...ir

Luz,
tu que vens nos visitar
e ensinas que o coração bom
é o teu lar,
e nos fala que palavras não
vão lhe conquistar
caso demonstrem
intenções diferentes
do que as atitudes querem causar.

Luz,
tu que nos conduz ao teu altar
que é o brilho deste céu
e as estrelas que nos dá
seja a nossa guia
a força de cada dia.

Luz,
que a tua energia
ofusque a vibração de todo mal
que a tua magia socorra
todo o umbral
para que a alma
viva em harmônia
seja aqui na Terra
ou em outro plano astral.

AVANTE!


Teus dias de cinza
cortinas escuras
poeira em tragos
fragmenta a retina.

Veja que as horas
foram todas embora
e que as próximas horas
te levarão uma parte.

Já é muito tarde
para resolver ser covarde
a tua essência não vive
para se alojar numa sombra.

Os anos de trégua e guerra
pedem para que você se levante
porque esse riso de cor
não engana o teu luto constante.

09 abril, 2015

Análise

A fala dele era de outra fala
doce disfarçado autoritarismo
daquele que primeiro fala,
induzimento de pensamentos
manipulação,
mas nessa eu não caiu.

Afastei-me,
de longe avistei o problema,
a raiz que proliferava,
porque muito antes de nascerem certas falas,
já existiam incorrigíveis falhas.

Discordar não era possível,
rebelar-se perante tal situação
seria a morte,
o abandono tido como saudável,
a herança de família,
o argumento injustificável.



A arte morde
ela arde
mas a arte também cura
todo o alarde.


Adorá-la

Enxergar a poesia
não é questão de tempo
e nem de fantasia.

Mais do que métrica
ou versos livres
o poeta nela se deita
para poder senti-la.

Já quem a lê se deleita,
não é qualquer um
que a veste
porque o comum
apenas diz que é bonita
mas a pessoa que a contempla
nela se sente viva.

03 abril, 2015

Futura Fortuna

Que você fique rico
e tenha todas aos seus pés, amigo
mas jamais terás a mim,
porque é fácil ter alguém
difícil é entender quem é esse alguém.

Que você fique rico
e descubra que o amor pode ser amargo
que o dinheiro não tem nada de amigo
e que carros e poupança gorda
não é sinônimo companheirismo.

Que você fique rico
e veja que a solidão talvez seja maior
que a aproximação talvez seja só interesse
e que nada disso faz parte do coração.

Que você fique rico como afirmou para mim
e neste instante eu sei que ali não estarei
o que eu espero são coisas simples
coisas que a vaidade nunca pôde perceber.

"Castelo"

Que o tempo traga o novo
E este plante no jardim
Da minha casa
Versos que o velho não quis plantar
Estes que ele dizia serem bonitos sem contemplar.

Que o tempo traga o novo
Porque quero enterrar suas sementes
Em cada vaso que eu puder
Em cada verso que eu fizer
Eu vou cantar um outro amor.

Que o tempo traga o novo
Para essa vida que se esvai
Que ele percorra as minhas veias
Que ele me leia todas as manhãs
E perceba que tudo isso não é de areia.