Translate

07 junho, 2014

Um vitral em Diadema

Sentada na calçada
ainda me lembro 
do desânimo dela, 
do mesmo, 
do que não muda
parecia um destino 
totalmente imperfeito.

O choro
a vontade 
o não novamente.

A força se esgotava 
as pessoas não ajudavam muito
sempre palavras para nos derrotarem
ainda mais.
Não é fácil, não foi!

Mas derrotados são aqueles que nunca tentam,
que se acomodam - sabíamos disto perfeitamente.

Do amor pela química fez poesia, faz.
Em teus cálculos preenchidos de versos 
e metáforas
um universo de belezas e histórias 
que são escritas por desgastes e vitórias.

Complicada labuta 
depois de tanta disputa 
e depois de tanto tempo
é que se compreende 
que o nosso  adversário 
é a gente mesmo.

E da força quase falha 
riscando faíscas 
para ver ser reanimava o sonho
é que sentada na calçada cantamos.

E o teste não havia iniciado as treze horas daquele dia
4 de novembro
descobrimos que ele começou mesmo 
foi no nascimento,
desde o primeiro choro,
desde o primeiro respiro,
e o contado com o mundo externo
o contato com apatias e empatias 
o contato com nossas escolhas
com que atrai verdadeiramente
com o que repele bruscamente.

Disto às vezes fazemos guerra 
interna e por fora. 
Temos amor pelo que queremos.


...felicidade é só questão de ser!


2 comentários:

  1. Minha Ananda...
    Por que me causa tudo isso, muito disto e um monte daquilo. Chorei e sorri me fez sentir.
    Estranhamente não me incomoda dizer claramente que te amo. E estranhamente já aguardava por ti bem antes de conhecer-te. Sabia que alguém assim preencheria uma parte de quem sou e se tenho, minha beleza ofusca o brilho da noite.
    Incrível é saber que não importa o tempo que passe, as vidas, e os quilômetros que possam existir entre nós, minha alma em qualquer tempo saberá descobrir e sentir quem foi, quem é e será você e sempre irei encontrar-te. Sabe que não desisto nunca do que desejo!
    Bem, sabe como ninguém do caos que passei, das noites que deixei, do que não comprei ou preferi guardar para sentir quem sou. Hoje sou, e no futuro “somos” somos juntas o sucesso de se realizar!
    Sou grata, te amo.
    Daquela que tem prazer em conversar contigo,
    menina.

    p.s.: Olha o nosso vitral!

    ResponderExcluir
  2. " As pessoas são como vitrais coloridos: cintilam e brilham quando o sol está do lado de fora, mas quando a escuridão chega, sua verdadeira beleza é revelada apenas se existir luz no interior." Elizabeth Kubler-Ross

    O prazer das conversas de todas as horas,
    a saudade é imensa,
    intensa!!!

    ResponderExcluir