Translate

31 maio, 2014

Sua Maldita!!!

Eu já falei pra'quela atrevida parar de me encher, toda hora fica no meu pé, que grude, não tem o que fazer?! Sabe, é complicado, ela poderia encher o saco de outra pessoa, de alguém com tempo ocioso, mas não, a tarada fica aqui me atormentando a paciência, já tô de saco cheio, vai chegar um dia que isto irá estourar, não tá dando mais pra aguentar, agora me vigia a todo instante, acredita?
Ah...não, vai se ferra, não tenho trégua mais, perdi minha paz. Aliás, ela tá com ciúmes até dos meus estudos, como é possível? - Que absurdo!!
Eu já falei que estou em época de prova, caramba, eu já ameacei terminar a relação, mas aquela cachorra não sai do meu pé, parece sarna. É no ônibus, na rua, em casa, na faculdade, tomando banho, se arrumando, estudando, e essa maluca quer a todo custo que eu faça sempre os caprichos dela, não dá, tô cansada disto, será que a carente  não compreende que o meu amor e os meus objetivos não se resumem somente nela?? Eu acho que não, ela deve ser uma doente mesmo e das piores, porque isto não é amor, é obsessão, eu não a escolhi, ela me escolheu, no começo era mil maravilhas, mas agora??? 

Tudo ela quer que eu registre, tudo ela quer que eu escreva, me liga umas cem vez por dia na mente, só pra dizer: escreva, veja, olhe isso daqui !!Pô escrita, dá um tempo, se toca, eu não sou sua marionete. 

2 comentários:

  1. Hahaha! Muito bom!!
    Que ela não te largue não!! Adoro seus textos =D

    ResponderExcluir
  2. ...é, não vai ter jeito não, vou ter que aguentar esta possessiva, espero que não role nem um crime passional, kkkkk!!

    ResponderExcluir