Translate

18 maio, 2014

No palco da República e fora deste mundo

Ele toca pra uma divindade ou alguma divindade toca nele
são notas, são cifras, um conjunto mais além
que não sei explicar o que sinto
parece que saio daqui
que não sou daqui
que não estou aqui
me faz escrever.

Talento que traz flores aos ouvidos
que diz tudo sem nenhuma palavra
talento este que não tenho em minha essência
meus dedos não se comunicam deste jeito.

E vejo Deus, e vejo Deuses ou qualquer outra interpretação que se queira fazer,
para manifestações que ultrapassam a superfície terrestre, porque me fazem ultrapassar.

Parece que visito constelações - eu não sei, mas tamanho brilho, só pode ser o diamante mais raro do céu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário