Translate

28 janeiro, 2014

,sim!

Se me tentas
então me deite no teu colo
que um dia
quem sabe
eu te conto
as coisas que ando escrevendo pra ti

Como aquela página
arquitetada com versos feitos de melódia
escrita por sorrisos bobos
de quem já é velho mas se senti novo
de quem já experimentou mas se senti ingênuo
de quem já amou mas se senti outro

Pareço criança
Porque talvez ainda seja
Pareço adulto
Porque um pouco já amadureci
Pareço velho
Quando perco a esperança
Pareço jovem
Quando estou perto de ti

Eu sou assim, paixão meio sem fim.

Um comentário:

  1. Um de amor verso de sua dor vasto é o da flor viço sobre o chão pasto.
    GK

    ResponderExcluir