Translate

31 outubro, 2012

Off

 

...cansado e exausto de repetições inacabáveis , o calor que derretia sufocava também as suas entranhas , procurou um lugar fresco o quanto antes para que pudesse deitar , descansou mesmo foi no chão de sua casa - o quintal . "Piso gelado , sombra , telhado , quase garoa , nuvens escurecendo , vento" ...

Tirou os sapatos , as meias , e com as pernas esticadas olhava as pontas dos pés encostadas na parede , observava os dedos , as unhas , cada detalhe , até que a imagem transformava-se em outra coisa , mudava completamente o destino daquela visão , desfigurou-se . Ele entrou em transe.   

2 comentários:

  1. Se eu (Clive) não fosse tão orgulhoso diria que já sou teu fã haha
    Na boa, as imagens que eu vejo com as palavras que tu transfere da tua mente pra esse espaço me deliram.
    E tuas palavras sempre fazem uma análise muito boa, sobre os universos e as opiniões expostas.
    És boa. És sim.


    Hey, postei a terceira parte do texto que tu comentou esses dias.
    Desculpa incomodar de novo, mas teu comentário é relevante pra mim.
    pode ler e comentar lá?
    diademegalomania.blogspot.com

    Agradecido, Clive B.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o Clive fosse "tão orgulhoso" ele não viria aqui , talvez porque não seja tamanho o orgulho , ou certamente porque não é o Clive com a possibilidade de nem ser o Luís Paz .

      Obrigada pelo comentário , irei sim , mas não como eu - é claro ! rs

      Excluir