Translate

18 julho, 2012

CONFUSÕES


Um sol frio
Uma garoa quente
Como saber o que se sente?
A flor se abre sem as pétalas
O dia amanhece sem o céu
Parece vazio o que eu fazia
E pela tarde eu sentia o sangue a passar pelas veias entupidas
A causar pressão sem compreensão-compressão
Fiquei enrolada no barbante
Com a sensação de cerol
Cortava sem deixar cortes
E eu não entendia
Quando gritei a voz que saia explodia dentro de mim
Mas ninguém escutou
Confundi-me por não saber quem eu sou
Falei o que calava
Ouvi o que chamava
Até o anoitecer das horas .

Um comentário:

  1. Engasgar com sentimentos, gritar em silêncio, sintomas de inquietude plena...

    Muito bom!

    ResponderExcluir