Translate

21 abril, 2012

Estranhezas – Entranhas

O estranho é procurado
É esquisito
Mas o estranho as vezes
É esquecido

Estranho o que foi colocado
O que coloquei
Procuro e esqueço
- Esquisito!

O estranho é contemplado
E depois perdido .
É diferente e fugitivo
Antagônico , dualista , irônico.
E também repetitivo .

O estranho é pensar , pensar
Escrever e não escrever.
Imitar – ser e não ser.
O estranho é tomar providência
E não fazer
Colocar uma ordem para ti mesmo
E não cumprir

O estranho é usar a razão
É valer-se da emoção
Tropeçar em pedras
E não perceber

O estranho perde o sentido do tempo
Da gravidade e perigo
Abriga-se a loucura incessante
Mesmo que ferido

O estranho quer esconder-se
E revelar
Quer jogar , apostar e não ganhar.

O estranho faz perguntar
E duvidar da resposta
Bate à porta
Mas vira as costas.

Um comentário: