Translate

11 março, 2012

A r VÓ re


Não sei a história deste anel,
Ela não contou.
Essa pedra azul
Parece deixar a imagem
Daquela que se foi.
Peguei-o para mim ,
Tornei a olhá-lo como
Quando olhava quando criança ,
E o sentimento foi outro.
Toda vez que eu quero
Acessar a lembrança ,
Percebo que tenho olhado
Para ele com maior intensidade ,
Não como anel , e nem como pedra ,
Mas , como um pedaço
Daquilo que não deixei partir .
Cheguei  a conclusão de que nenhum valor,
Nenhum presente
Poderá alcançar os arquivos mais bonitos
Os quais guardamos em nossa memória .
Um piscar , e tudo parece viver outra vez ,
Por detrás do olhos que não refletem a imagem que vejo ,porém , que levam as passagens de nossa vida .
Tristes e Belas .

Um comentário: