Translate

02 fevereiro, 2012

Químera

 

Passei anos a imaginar-te comigo 
Aprofundei o mais íntimo do meu ser
Batalhei , me esforcei
Até mesmo suas chantagens emocionais realizei
Que por ti deixei de sair e dormir
Que por ti emagreci e enlouqueci 
Que me fez gastar poupança 
Num prazer de ter-te comigo
Fiquei noites a sonhar
E dias a te ver sem que me vistes.
Disfarçadamente eu chorei 
Que orei mais que tudo 
Eu amei você
Queria poder te tocar em cada canto
E entrar a hora que eu bem pretender 
Pois serias minha 
Mostrei-te aos meus melhores amigos 
Contei tua história 
Um fascínio que eu quis
Hoje estou cansada , saturada 
Existem outras com o peso forte como os teus 
Mas , amar como eu te amei , 
Ahhh São Francisco 
Jamais te esquecerei.


 

Um comentário:

  1. Pássaro é inevitável não chorar, como num trecho de uma crônica escrita por Rubem Alves: o meu coração fica junto ao dela. Foi isto o que senti mais uma vez.

    ResponderExcluir